Agenda lotada não é sinal de sucesso

Você já deve ter visto ou até mesmo clicado em algum curso milagroso que irá lotar a sua agenda de pacientes/clientes em poucas semanas, não é mesmo?

Eu sei disso porque sempre que abro uma caixinha de perguntas do tipo “Qual seu maior desejo profissional?” recebo como maioria das respostas: “Lotar minha agenda!”

Mas duvido que você tenha feito a pergunta mais importante de todas:

Por que você quer uma agenda lotada?

A agenda cheia pode ser um sinal de que tudo está bem, mas é uma falsa sensação de eficiência.

Eu sei que uma agenda lotada significa dinheiro no bolso e todo mundo tem contas a pagar. Mas, ao mesmo tempo, tudo aquilo que está lotado está acima da capacidade. Seja operacional ou mental.

Efeito Lata de sardinha

Pense num ônibus lotado. Quando você entrou nele estava vazio e então ele foi parando e colocando gente para dentro. Afinal o dono da empresa quer “carro lotado”. E quando ele está lotado fica tudo apertado e tudo que você quer é descer correndo.

Uma agenda lotada pode te sufocar também, tirando todo o seu tempo e te sobrecarregando de trabalho. Pode ser que você tenha que encarar demandas em áreas que você não domina, exigindo um tempo absurdo de estudos para entender algo que não te trará nenhum centavo a mais.

Uma agenda lotada não significa que todos serão pagantes. Aí começam as inúmeras cobranças. Falando em cobranças, esses pacientes/clientes irão te ligar ou enviar mensagens pelo “zap” a todo momento e você não pode reclamar – muito menos ignorar.

O pior é que, agora, você não tem mais tempo para estudar, se qualificar e se tornar muito boa em algo que te trará mais reconhecimento e retorno financeiro.

Pois é. Você pediu a lotada mas não pensou na estrutura psíquica e emocional para dar conta de tudo isso.

Sem preparo não há garantia

Pessoas que ganham na loteria passam a ter muito dinheiro, mas elas não “são ricas” – ou melhor, não pensam como os ricos. Como não sabem construir riqueza, acabam fazendo o contrário: gastam tudo.

Ter clientes é a consequência de algo, não um fim em si mesmo.

Uns 13 anos atrás eu cheguei a conclusão de que não precisava de um aumento de salário e sim de gastar menos. 2 meses depois de cancelar todos os meus cartões de crédito e cheque especial, comprei um apartamento.

Por isso eu acho que antes de buscar uma agenda lotada você precisa encontrar seus motivos reais, entende? Isso vai ser a sua direção, a sua base, para que você defina os seus passos e não fique igual à uma barata tonta, fazendo cursos e mais cursos ou achando que a única métrica sobre ter sucesso ou que a salvação da sua vida financeira é ter uma agenda lotada.